A partir de 8 Novembro de 2021, viajantes internacionais poderão desembarcar nos aeroportos americanos! Com base na publicação do CDC, órgão responsável pela regulamentação relacionada a doenças infecciosas nos Estados Unidos, criei um resumo das regras que deverão ser seguidas para viajar para os Estados Unidos.

O que você precisa para viajar para os Estados Unidos:

  • A Prova de Vacinação para Covid-19 é OBRIGATÓRIA para todos que viajam para os Estados Unidos de avião.  Voce devera apresentar a prova de estar totalmente vacinado contra o COVID-19.  Existem algumas poucas exceções que explico abaixo.

 –  Também é OBRIGATÓRIO a apresentação de teste negativo para COVID-19.

Exceções:

 As categorias de viajantes  que atendem aos critérios para uma exceção,  e que portanto nao precisam apresentar prova de vacinação,  sob a Ordem do CDC incluem:

 Pessoas em viagem diplomática ou oficial de governo estrangeiro;

 Crianças menores de 18 anos;

 Pessoas com contra-indicações médicas documentadas para receber uma vacina COVID-19;

 Participantes de alguns ensaios de vacinas COVID-19;

 Pessoas emitidas uma exceção humanitária ou de emergência;

 Pessoas com vistos válidos [excluindo vistos B-1 (negócios) ou B-2 (turismo)] que são cidadãos de um país estrangeiro com disponibilidade limitada da vacina COVID-19;

 Membros das Forças Armadas dos EUA ou seus cônjuges ou filhos (menores de 18 anos);

 Membros da tripulação marítima viajando com um visto de não imigrante C-1 e D;

 Pessoas cuja entrada seria de interesse nacional, conforme determinado pelo Secretário de Estado, Secretário de Transporte ou Secretário de Segurança Interna (ou seus designados);

Se você viajar de avião para os Estados Unidos sob uma dessas exceções, deverá atestar que está isento da exigência de apresentar prova de estar totalmente vacinado contra COVID-19 com base em uma das exceções listadas acima.

Com base na categoria da exceção, você ainda pode ser obrigado a atestar que:

Você será testado com um teste viral COVID-19 3–5 dias após a chegada aos Estados Unidos, a menos que você tenha a documentação de ter se recuperado do COVID-19 nos últimos 90 dias;

Você ficará em quarentena por 7 dias completos, mesmo se o resultado do teste viral pós-chegada for negativo, a menos que você tenha a documentação de ter se recuperado do COVID-19 nos últimos 90 dias;  e Você se isolará se o resultado do teste pós-chegada for positivo ou se desenvolver sintomas de COVID-19.

Com base na categoria da exceção, se você pretende ficar nos Estados Unidos por mais de 60 dias, pode ser necessário, adicionalmente, atestar que:

Você concorda em ser vacinado contra COVID-19;  e

Você providenciou a vacinação total contra COVID-19 dentro de 60 dias após sua chegada aos Estados Unidos, ou assim que for clinicamente apropriado, a menos que (para crianças) você seja muito jovem para ser vacinado;

Um pai ou outra pessoa autorizada deve atestar em nome de um passageiro menor de 18 anos.  Uma pessoa autorizada pode atestar em nome de qualquer passageiro que não consiga assinar seu próprio atestado (por exemplo, porque é muito jovem ou devido a deficiência física ou mental).

Quando você é considerado totalmente vacinado (vale para vacinas aceitas pelo governo americano):

 * 2 semanas (14 dias) após uma vacina que seja de dose única COVID-19;

 * 2 semanas (14 dias) após a sua segunda dose de uma série de 2 doses;

 * 2 semanas (14 dias) após ter recebido a série completa de uma vacina COVID-19 ativa (não placebo) nos ensaios de vacina AstraZeneca ou Novavax COVID-19 nos EUA;

 * 2 semanas (14 dias) depois de receber 2 doses de qualquer combinação “misturar e combinar” de vacinas COVID-19 aceitas administradas com pelo menos 17 dias de intervalo.

Como os 14 dias são calculados:

 A sua última dose deve ter sido administrada 14 dias antes do dia em que embarca para os Estados Unidos.

 Você é considerado totalmente vacinado no 14º dia após o término da série de vacinação.  Por exemplo, se a sua última dose foi a qualquer momento no dia 1º de outubro, então 15 de outubro seria o primeiro dia em que você atenderia ao requisito de 14 dias.

Se você não atender a esses requisitos, NÃO está totalmente vacinado. 

Antes de embarcar em um voo para os Estados Unidos, você deve apresentar um dos seguintes itens:

  • Comprovante de vacinação e resultado negativo do teste COVID-19 obtido no máximo 1 dia antes da viagem.
  • Se você faz parte das exceções e NÃO está totalmente vacinado: Um resultado negativo do teste COVID-19 obtido no máximo 1 dia antes da viagem. Crianças menores de 2 anos não precisam fazer o teste, elas fazem parte das exceções. Também há exceções para pessoas que documentaram recuperação de COVID-19 nos últimos 90 dias.
  • Informações de contato são OBRIGATÓRIAS. Todos os passageiros aéreos para os Estados Unidos também deverão fornecer informações de contato às companhias aéreas antes de embarcar em voos para os Estados Unidos como parte de um processo para identificar rapidamente e contatar pessoas nos EUA que podem ter sido expostas ao COVID-19.

 

 Requisito de Prova de Vacinação COVID-19 para Passageiros Aéreos

 Os viajantes que desejam entrar nos Estados Unidos por via aérea devem apresentar prova de estarem totalmente vacinados contra o COVID-19 antes de embarcar em um voo de um país estrangeiro para os Estados Unidos.

Se você não estiver totalmente vacinado contra COVID-19, NÃO terá permissão para embarcar em um voo para os Estados Unidos, a menos que atenda aos critérios de exceção.

Vacinas COVID-19 aceitas:

Todas as Vacinas aprovadas ou autorizadas pela Food and Drug Administration dos EUA além das vacinas listadas para uso de emergência (EUL) pela Organização Mundial da Saúde:

 Dose única:

 Janssen / J & J

 Série de 2 doses:

 Pfizer-BioNTech

 Moderna

 AstraZeneca

 Covishield

 BIBP / Sinopharm

 Sinovac

 Prova Aceitável de Vacinação COVID-19:

Exemplos de tipo de documentação:

  • Certificado de vacinação com código QR1, passe digital via aplicativo de smartphone com código QR1 (por exemplo, Passe COVID do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido, Certificado COVID digital da União Europeia);
  • Impressão do registro de vacinação COVID-19 ou um certificado de vacinação COVID-19 emitido em nível nacional ou subnacional ou por um provedor de vacina autorizado (por exemplo, o cartão de vacinação do SUS);
  • Fotos digitais de cartão ou registro de vacinação, registro de vacina baixado ou certificado de vacinação de fonte oficial (por exemplo, agência de saúde pública, agência governamental ou outro fornecedor de vacina autorizado) ou um aplicativo de telefone celular sem código QR1.

 Todas as formas de comprovação de vacinação COVID-19 devem ter:

  • Identificadores pessoais (no mínimo, nome completo e data de nascimento) que correspondem aos identificadores pessoais no passaporte do passageiro ou outros documentos de viagem;
  • Nome da fonte oficial que emitiu o registro (por exemplo, agência de saúde pública, agência governamental ou outro fornecedor de vacina autorizado);
  • Fabricante da vacina e data (s) de vacinação.

Teste para COVID-19 obrigatório antes da viagem aérea para os EUA:

 Obrigatório para todos os passageiros aéreos com dois anos de idade ou mais embarcando em um voo de um país estrangeiro para os Estados Unidos

 Se você planeja viajar para os Estados Unidos, precisará fazer um teste viral COVID-19 (independentemente do status de vacinação).Você deve mostrar seu resultado negativo à companhia aérea antes de embarcar em seu voo.

Se voce esta totalmente vacinado: o teste viral deve ser realizado em uma amostra colhida no máximo 1 dias antes do vôo.

 Se voce faz parte das exceções e não esta vacinado: O teste viral deve ser realizado em uma amostra colhida no máximo 1 dia antes da partida do voo.

 Se você se recuperou recentemente do COVID-19, você pode viajar com a documentação de recuperação do COVID-19 (ou seja, o resultado do teste viral COVID-19 positivo em uma amostra coletada não mais do que 90 dias antes da partida do voo de um país estrangeiro e  uma carta de um profissional de saúde licenciado ou oficial de saúde pública declarando que você foi autorizado a viajar).

Durante viagens para os Estados Unidos:

As máscaras são OBRIGATÓRIAS: o uso de máscara sobre o nariz e a boca é obrigatório em áreas internas de transporte público e em centros de transporte dos EUA (incluindo aviões) viajando para, dentro ou fora dos Estados Unidos e em áreas internas em centros de transporte dos EUA (incluindo aeroportos).

Após a chegada nos Estados Unidos

Para TODOS os viajantes é RECOMENDADO que você faça o teste para COVID-19 3-5 dias após a viagem.

Auto-monitoramento para sintomas de COVID-19;  isolar e fazer o teste se desenvolver sintomas.

 Siga todas as recomendações ou requisitos estaduais e locais após a viagem.

 Se o resultado do seu teste for positivo isole-se para proteger outras pessoas de serem infectadas.   Se você se recuperou de uma infecção documentada por COVID-19 nos últimos 90 dias (independentemente do estado de vacinação), NÃO precisa fazer um teste 3-5 dias após a viagem.  As pessoas podem continuar com o teste positivo por até 90 dias após o diagnóstico e não podem ser infecciosas para outras pessoas.  Você também não precisa ficar em quarentena após a viagem.  

Para as exceções: Se você não estiver totalmente vacinado e tiver permissão para viajar para os Estados Unidos por via aérea por meio de uma exceção é OBRIGATÓRIO que faça o teste para COVID-19 3-5 dias após a chegada, a menos que você tenha a documentação de ter se recuperado do COVID-19 nos últimos 90 dias. Devera também ficar em casa ou no seu quarto de hotel em auto-quarentena por 7 dias completos, mesmo se o teste for negativo, a menos que você tenha a documentação de ter se recuperado do COVID-19 nos últimos 90 dias. Isole-se caso o resultado do seu teste for positivo ou se você desenvolver sintomas de COVID-19. Se você pretende ficar nos Estados Unidos por 60 dias ou mais, deve ser totalmente vacinado contra COVID-19 dentro de 60 dias após sua chegada aos Estados Unidos ou assim que for clinicamente apropriado, a menos que você tenha uma contra-indicação médica ou seja muito jovem para ser vacinado.

Algumas das perguntas mais frequentes: 

E se eu tiver testado positivo para anticorpos COVID-19?  Ainda preciso do comprovante de vacinação?

Sim, no momento, todos os passageiros aéreos não-cidadãos não imigrantes que viajam para os Estados Unidos, independentemente do status de anticorpos, são obrigados a fornecer prova de vacinação COVID-19.

Meu comprovante de vacinação precisa ser em inglês?

 As companhias aéreas e outros operadores de aeronaves devem ser capazes de confirmar a prova de vacinação e revisar outras informações exigidas e devem determinar quando a tradução é necessária para esses fins.  Se seus documentos estiverem em um idioma diferente do inglês, você deve verificar com sua companhia aérea ou operadora de aeronaves antes de viajar.

Se você se recuperou do COVID-19 recentemente? 

Se você se recuperou de uma infecção documentada por COVID-19 nos últimos 90 dias (independentemente do estado de vacinação), NÃO precisa fazer um teste 3-5 dias após a viagem.  As pessoas podem continuar com o teste positivo por até 90 dias após o diagnóstico e não podem ser infecciosas para outras pessoas.  Você também não precisa ficar em quarentena após a viagem.  Se você desenvolver sintomas de COVID-19 após a viagem, isole e consulte um profissional de saúde para recomendações de testes.

Fonte: www.cdc.gov